sábado, 15 de março de 2014

Catados

Hoje - Detalhes que a maioria não percebe.

"Tem dias que a gente se sente
Um pouco, talvez, menos gente
Um dias daqueles, sem graça
De chuva cair na vidraça
Um dia qualquer sem pensar
Sentindo o futuro no ar
O ar carregado, sutil
Um dia de março ou abril
Sem qualquer amigo do lado
Sozinho em silencio, calado
Com uma pergunta na alma
Por que, nessa tarde tão calma,
O tempo parece parado?"
( Raul Seixas - As profecias )





Desenhos com extrato de nogueira  e aquarela Kuretake sobre papel off-set reciclado.













Fotos de registro do local:




Fotos © 2014 Murilo Sergio Romeiro

2 comentários:

Elisabete Trizzini disse...

https://www.flickr.com/photos/betibr/2721080614/lightbox/

Quase o mesmo ângulo..:) Só que eu não sei desenhar :)

Murilo S Romeiro disse...

Beti, valeu seu comentário e foto para me esclarecer. Não tinha idéia para que serviria aquele equipamento e imaginei alguma coisa ligada à tecelagem e ao beneficiamento do algodão.