quarta-feira, 4 de setembro de 2019

Parque Buenos Aires - São Paulo

No último mês de julho estive em São Paulo por uns 3 dias, a passeio.
Aproveitei a oportunidade para conhecer o Parque Buenos Aires que fica  próximo ao apartamento onde estava hospedado.
O Parque é bem cuidado, com várias estátuas espalhadas pelo bosque e frequentado, principalmente, pelos moradores da redondeza que aproveitam para passear com seus animais de estimação.
Há uma área reservada , especialmente para eles, apelidada de "cachorródromo".


Na parte mais alta do Parque, há uma praçinha, para onde convergem várias alamedas e é denominada "Praça das Mães" . 
No seu centro há uma estátua branca, "Mãe", representando o calor materno ao recém-nascido.
A obra é do artista escultor Caetano Fraccaroli e foi implantada em 1965.
Na ocasião da visita  fiz várias fotografias e um sketch da escultura "Mãe" . Usei bico de pena com extrato de nogueira+ liquibrilho (para impermeabilizar a tinta) - aquarela e gouache branco sobre papel Opaline 180g -  A4.
( Todas as fotos e desenhos estão protegidos pelos Direitos Autorais - Proibidas cópias e utilização sem a devida autorização )





quinta-feira, 8 de agosto de 2019

Igreja da Paróquia da Imaculada Conceição - Dist. de Eugênio de Melo


O distrito de Eugênio de Melo, em São José dos Campos, completou 142 anos , mas os registros históricos apontam que a primeira Igreja surgiu há 105 anos, no terreno da antiga fazenda Honda.

Esta igreja,  feita de taipa de pilão, não resistiu a um ataque de formigas saúva, por isso foi demolida. A atual igreja começou a ser construída em 1955.
Até 1968 pertenceu à Paróquia São Judas Tadeu, do Jardim Paulista, há 51 anos passou a ser Paróquia da Imaculada Conceição.
 Uma história resgatada por Dona Madalena, moradora de Eugênio de Melo,  é sobre as imagens dos santos, peças de valor histórico, importadas, compradas no Rio de Janeiro no século passado pela matriarca da família Molina, uma das mais importantes de lá. 
Na época da construção da nova Igreja, as imagens foram levadas para as casas de diversas famílias. Algumas voltaram para a Igreja, outras estão até hoje com as famílias, e, de uma delas não se sabe o paradeiro.



O desenho foi feito com bico de pena e aquarela sobre papel Opaline 180g - tamanho A4 - em uma tarde do final de julho de 2019






segunda-feira, 5 de agosto de 2019

Estação Ferroviária de Eugênio de Melo


Eugênio de Melo nasceu com o nome de Vila de Nossa Senhora dos Cafezais. Teve importante participação na economia de São José dos Campos por conta do cultivo e da exportação do café.
A Estação Ferroviária, utilizada para o escoamento da produção agrícola local e também para o transporte de passageiros, homenageia o engenheiro Eugênio Adriano Pereira de Cunha e Melo, foi inaugurada em 28 de agosto de 1877 ( ou 1898 ?) em um terreno doado pela família Molina.
É um importante marco arquitetônico e patrimônio histórico de São José dos Campos, por representar o desenvolvimento econômico da cidade.
O prédio foi preservado em 1995 pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Artístico, Paisagístico e Cultural de São José dos Campos (Comphac) e a estação desativada em meados dos anos 2000.



Desenho feito a bico de pena e aquarela na dimensão A4, sobre papel Opaline 180 g - Proibida a reprodução - Direitos reservados.

sábado, 25 de agosto de 2018

Residência Olivo Gomes

Mais uma vez voltei ao Parque Burle Marx - ou Parque da Cidade como é mais conhecido - para desenhar a residência, projeto do Arq. Rino Levi , que faz parte do patrimônio histórico preservado pela cidade de São José dos Campos.
Mesmo durante o inverno, com a vegetação prejudicada pela falta de chuvas, os jardins projetados pelo genial Burle Marx conservam sua beleza e atraem os olhares dos visitantes.
Não resisti a retratar a casa por trás do lago artificial e suas bananas-d'água (Typhonodorum lindleyanum) que compõem um interessante conjunto arquitetônico.

O desenho foi feito sobre papel Opaline A4 - 180g com caneta tinteiro e tinta preta Sheaffer - não permanente.
Posteriormente, já em casa e com base nas fotos que tomei, fiz um aquarelado que prejudicou um pouco as linhas traçadas e misturou as cores.
O resultado ficou , para mim, ainda assim, agradável ao olhar.
Algumas fotos para compor a publicação e complementar a descrição e também o desenho em duas versões: antes e depois do aquarelado.







quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

'O Farol ' après Anita Malfatti



A página do Facebook - Virtual Sketchwalk - da qual participo, neste mês de fevereiro, está aceitando desenhos de faróis ( lighthouses ) . Para participar eu resolvi fazer uma homenagem a uma pintora brasileira , Anita Malfatti, cujas obras muito me agradam.
Ela esteve , por volta de 1915, estudando nos Estados Unidos e, dessa época, consta um óleo sobre tela de um farol da ilha de Monhegan, na costa do Estado do Maine.
Fiz uma interpretação, em lápis pastel oleoso, de sua obra.
Utilizei lápis Pentel sobre o reverso de uma embalagem de pizza de dimensões 28x28 cm.
O resultado foi um sketch bem colorido e alegre, como podem observar.
DESENHO VENDIDO EM MAIO DE 2019
( Reproduções no tamanho original podem ser adquiridas por contato nos comentários )




Anita Malfatti nasceu em S. Paulo no ano de 1889 e faleceu em 1964.
A importância da obra de Anita é fundamental para se compreender o modernismo no Brasil com todas as suas implicações, sua atitude combativa frente às adversidades, de uma lutadora consciente das suas potencialidades, acrescentou expressividade a um movimento que revolucionou a cultura nacional.
Ficha técnica do "O Farol":
ou O Farol (Monhegan), de 1915, óleo sobre tela, 46,50x61,00 cm
Acervo da Coleção Assis Chateaubriand - MAM -RJ





Imagem representativa do artigo







segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

São Paulo - 464 anos



O Aniversário de São Paulo é comemorado  em 25 de janeiro.
O dia 25 de janeiro foi escolhido em homenagem à fundação do Colégio dos Jesuítas, considerado o marco zero da maior capital brasileira.
No dia 25 de janeiro de 1554, os padres Manuel da Nóbrega e José de Anchieta fundaram o colégio que seria o centro de educação e formação dos indígenas para se adequarem ao modo de vida dos jesuítas.
A cidade de São Paulo recebeu este nome em homenagem ao apóstolo Paulo que, de acordo com a tradição católica, teria se convertido ao cristianismo no dia 25 de janeiro, ou seja, mesma data em que foi celebrada a missa de fundação do Colégio dos Jesuítas.
O grande boom econômico e demográfico da região de São Paulo, que ajudou a configurar a grande metrópole vista atualmente, aconteceu graças ao ciclo do café, em meados do século XIX.
Para homenagear a cidade, escolhi um desenho de um dos marcos arquitetônicos da grande metrópole - Edifício Altino Arantes ( conhecido também com o Edifício Banespa, por abrigar durante anos a sede do antigo Banco do Estado de São Paulo, hoje extinto.)
O desenho foi feito em setembro de 2017 , no II Encontro Nacional de Urban Sketchers.
Utilizei extrato de nogueira no bico de pena e depois uma leve aguada para o sombreamento. Papel Opaline A4 - 180g





quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Corrupião - Icterus jamacaii

Esse pássaro é famoso pelo seu canto bastante apreciado.
O corrupião é um passeriforme da família Icteridae.
Outros nomes populares : concriz, joão-pinto, sofrê.
O nome científico vem do grego ikterus ( amarelo) e do tupi jamacaí( comedor de lagartas)
O desenho foi feito com canetinha Sakura Micron 04 e aquarela Van Gogh sobre papel Opaline 180g.